Cerveja e Arquitetura

Cerveja e Arquitetura

Quem me conhece sabe que um dos meus hobbies é produzir cerveja artesanal. Apesar de apenas fazer para consumo próprio, não aguentei a tentação de relacionar cerveja com arquitetura. Quem já se reuniu em um bar com colegas e amigos de profissão, sabe que cerveja e arquitetura sempre foi uma combinação promissora. Dessa forma, selecionei os 3 grandes arquitetos modernistas que mais gosto e fiz 3 receitas de cerveja em homenagem a eles, com um rótulo para cada cerveja, projeto este que chamei de BEERTECTURE. Nesse projeto, tentei relacionar os estímulos visuais das obras de cada arquiteto com a experiência degustativa de cada estilo de cerveja. Segue abaixo:

 

Le Corbeersier

Cerveja Le Corbeersier
Rótulo Le Corbeersier. Fonte: O autor.

A cerveja em homenagem ao arquiteto Le Corbusier é uma Weizenbier, ou seja, uma cerveja de trigo. Isso se dá por dois motivos: o primeiro é que a cerveja de trigo tem corpo muito denso, e apesar de ser feita apenas com maltes bases (malte de trigo e malte pilsen), é uma cerveja que carrega muito conteúdo dentro de cada copo.

Mies Van Der Ale

Cerveja Mies Van Der Ale
Rótulo Mies Van Der Ale. Fonte: O autor.

A cerveja em homenagem ao arquiteto Mies Van Der Rohe é uma cerveja feita com os mínimos elementos essenciais: 1 tipo de malte, 1 tipo de lúpulo, fermento e água. É uma cerveja em que exige do cervejeiro ser preciso nas temperaturas, tempos, e demais processos de fabricação. Feita com malte pilsen e lúpulo citra, ela demonstra que é possível fazer algo de muita qualidade utilizando apenas os elementos essenciais para sua produção, sem dry hopping, sem whirlfloc e sem “frutinhas” dentro.

Frank Lloyd Ale

Cerveja Frank Lloyd Ale
Rótulo Cerveja Frank Lloyd Ale. Fonte: O autor.
Frank Lloyde Ale
Copo contendo a Frank Lloyde Ale. Fonte: O autor

A Frank Lloyd Ale, também carinhosamente apelidada de Fallingwater beer, é uma cerveja ousada. Assemelhando-se a uma Red Ale, ela é avermelhada, forte, e deliciosamente encorpada. É uma cerveja que nem todos gostam, mas que, para quem sabe apreciar esse estilo de cerveja, dificilmente não se apaixona.

Eu havia em casa ainda uma leva dessa cerveja, então deixo a foto dela aqui para avaliação… Dá até vontade de iniciar um novo projeto, não é mesmo?

 

 

 

Então, qual cerveja te deixou mais curioso? Tem alguma cerveja que eu não fiz e que te lembra algum arquiteto? Deixe seu comentário e compartilhe com seus amigos arquitetos/estudantes de arquitetura.

 

*as imagens que disponibilizo no site podem ser utilizadas de maneira livre, desde que citem a referência e indiquem o link da página.

 

 

Please follow and like us:
0

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *